Lindas Orquídeas Brasileiras: Nomes, Tipos, Cores, Espécies

As orquídeas são lindas flores com grande valor comercial e que agregam valor a qualquer lugar em que forem inseridas.

Planta exótica com uma beleza delicada, se desenvolve em quase todos os continentes, menos na Antártica, mas hoje vamos falar de algumas das orquídeas brasileiras.

Cattleya labiataé

cor violeta
cor roxa
as mais bonitas
as mais belas
orquídeas brasileiras
fotos de orquídeas brasileiras

Suas flores surgem no fim do verão, são grandes e de cor lilás, o uso excessivo dela nas cidades, está fazendo com que se torne extinta.

É a primeira espécie da cattleya catalogada, e foi considerada por muitos anos perdida, sendo conhecida como Lost cattleya.

Sua história é uma das mais misteriosa do mundo orquidófilo. Em 1818 William Swainson enviou do Rio de Janeiro um lote de plantas ornamentais para a Inglaterra e junto foram algumas orquídeas, logo após enviar esse lote de plantas Swainson partiu para a Nova Zelândia, onde desapareceu para sempre.

Em 1821 na estufa de William Cattley elas floresceram causando grande admiração devido a suas flores grandes, para catalogá-la descreveram-na e deram o nome de cattleya em homenagem a

William, mas precisavam saber qual a origem da planta que Swainson enviou e esqueceu de avisar onde a planta foi coletada ,como o lote de plantas veio do Rio de Janeiro acreditava- se que a origem seria das redondezas, enviaram então várias expedições para tentar encontrar o habitat natural dessa planta tão magnífica, obviamente sem sucesso, já que a planta é originária de Pernambuco.

Em 1889 sem alguém que procurava insetos em Pernambuco, resolveu mandar umas orquídeas lindas que encontrou para seu patrocinador e sem querer resolveu o mistério que rondava a planta, descobrindo sua origem. Foi considerado o evento do ano.

Características

  • Possui bulbos vigorosos que variam de 15 a 5 centímetros, com uma folha solitária de cor verde clara, longa e elíptica que também varia de 15 a 25 centímetros.
  • Floresce de novembro a abril, com pico em março.
  • Cada bulbo pode conter de duas a cinco flores
  • Seu perfume é muito marcante.
  • Prefere florestas tropicais e chuvosas.

Cultivo

O bulbo costuma desidratar após a floração, por isso mantenha a hidratação e o substrato da planta em dia e não terá problemas.

Replantio

No final da floração deve ser replantadas, é quando começam a surgir novas raízes e bulbos.

Pode ser dividida com um mínimo de três ou quatro bulbos por corte para não interromper a floração do próximo ano.

Cattleya velutina

para vasos
orquídeas brs
fotos das belezas
incrivelmente bela

Era encontrada desde a Bahia, descendo pelo Espírito Santo, Rio de Janeiro, indo até o sul do país, mas infelizmente não é mais encontrada no seu habitat natural, devido a coleta indiscriminada e desmatamento feito pelo site homens, as únicas amostras que ainda existem são as cultivadas em laboratórios para não deixar que a planta seja completamente extinta e para uso doméstico.

Características

  • Bifoliadas, possuem pseudobulbos finos em forma de cana com tamanho que varia de 25 a 40 centímetros com duas ou três folhas.
  • Prefere clima tropical com temperaturas amenas durante a noite e durante o dia vegeta com luz intensa
  • Emite de uma a quatro flores, de textura aveludada, duráveis e com perfume intenso. Com flores na cor bronze com pintas marrons e labelo branco amarelado estriados na cor violeta forte.
  • Com flores de beleza extrema, floresce em dezembro com pico de floração em março.
  • Cultivo é fácil se o clima colaborar.

Mitonia moreliana Alba

orquídeas brasileiras
dicas de orquidario
como cultivar
cor branca
para jardins

Suas flores duram mais de um mês, começa a florescer com 18 meses e florescem de janeiro a março.

As flores são brancas com uma haste por flor e medem 9 centímetros.

Originárias do Espírito Santo, gostam de luz indireta.

Veja também na cor azul!

Maxillaria schunkeana

cor preta
diferentes
orquídeas br
orquídeas brasileiras
das nossas terras

Mais um exemplar raro, conhecida como orquídea negra, floresce várias vezes ao ano e as flores duram no máximo cinco dias. Suas flores possuem pétalas com cor vermelho bem escuro e medem menos de 2 centímetros.

Cultivo

  • Cresce depressa e seu cultivo é simples.
  • Gosta de locais sombreados e muito úmidos, mas não de água parada nas raízes, por isso a melhor forma de cultivar ela é em caso furado com uma camada de pedras para que a água escorra.
  • Não tolera temperaturas abaixo de 10 graus.
  • Gosta de luz indireta.
  • Com seus pseudobulbos pequenos não possui a capacidade de armazenar nutriente, por isso quando for cultivada em casa, precisa ser adubada semanalmente.

Espécies Raras e Exóticas

Acianthera saurocephala

tipos
exótica
diferenciada
espécies

Originária do sul e sudeste do Brasil, uma planta grande ereta e robusta, com caule cilíndrico e folhas com forma que lembra a cabeça de um lagarto (alongadas e ovais).

Sua inflorescência é longa com várias flores pequenas pouco abertas por haste, com cores que variam entre amarelo, verde, laranja ou quase pretas recobertas por pelos brancos.

Floresce no fim do inverno e seu cultivo é o básico de uma orquídea, sem nenhuma necessidade especial.

Cuidados básicos com as orquídeas

Mantenha-as em um local iluminado, mas sem a incidência direta de raios solares e com boa ventilação.

A terra não deve secar mas jamais deixe água acumulada nos vasos, isso propicia o desenvolvimento de fungos, que causam a morte da planta.

Depois que as flores caem, o ideal é cortar as hastes que ficarem secas, mas tome cuidado na hora de cortar, corte- as em sua base, deixando apenas 2 centímetros dela, ou então logo acima daquele nó que se forma, possibilitando o nascimento de novas flores nessa haste ou talvez uma nova muda.

Adube uma vez por mês e evite adubar em época de floração.

Raízes bem hidratada são verdes, se estiverem brancas precisam de água e se estiverem acinzentadas e moles significa excesso de rega, quando for o caso, deixe uns 10 dias sem nenhuma rega.

Dica: para manter a raiz hidratada na medida certa, coloque 3 pedras de gelo abaixo das folhas uma vez por semana, aumente a frequência no verão, passando colocá-las a cada quatro dias.

A beleza das orquídeas brasileiras e do resto do mundo traz cor a nossa vida e se não cuidarmos vira uma paixão viciante porque existem mais de 25 mil variedades da planta, cada uma com sua beleza exclusiva, mas me conta, qual delas mais te fascina?

Este artigo te ajudou? Esperamos que sim! Compartilhe isso para o mundo: Obrigada! 😘

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest