Flor de Iris: Plantio, Cultivo, Cuidados, Fotos, Informações


Veja como escolher e quais cuidados tomar com a Iris

Muito conhecida de quem é apaixonado por flores, a Iris é uma das espécies mais delicadas e bonitas presentes na natureza. Frequentemente confundidas com orquídeas diversas, essa planta possui detalhes especiais e nasce em diferentes tons, indo do branco ao azul. Perfeita para o clima brasileiro, essa flor pode ser a opção perfeita se você deseja incrementar o seu jardim com uma espécie delicada, bonita e com cuidados simples. Para isso, confira a seguir como cuidar dessa flor e como garantir que ela esteja sempre linda e saudável.

ESCOLHENDO O TIPO CERTO DE IRIS

como escolher as-mais-belas todas as cores zoom na pétala

Diferentemente de boa parte das flores presentes na natureza, a Iris conta com mais de 200 variações diferentes entre si. Embora a maioria delas conte com flores roxas ou em tons azulados de cerca de 3 pétalas, cada tipo de Iris possui características e cuidados únicos que devem ser observados se a sua intenção é ter uma planta saudável.

Além disso, também é necessário fazer a escolha da espécie de acordo com o que for mais facilmente encontrado em sua região, já que isso tornará, inclusive, o cuidado mais simples e também mais barato de modo geral.

QUAIS CUIDADOS TOMAR?

quais cuidados fotos da flor imagens da flor

Pode parecer contraditório falar sobre quais cuidados tomar com essa flor se cada espécie possui características únicas, mas a verdade é que alguns cuidados são comuns a boa parte das espécies. Considerando que o Brasil é um país tropical, também é necessário que você dê preferência às variações que se adaptam a esse clima, como a Iris sibirica, de Louisiana ou versicolor. Com isso em mente, alguns dos principais cuidados incluem:

* PLANTE NO FINAL DO VERÃO

Como a Iris possui uma espécie de bulbo, chamado de rizoma, a melhor época de plantio acontece no final do verão. Isso porque a temperatura está um pouco mais amena, mas ainda quente o bastante para favorecer o desenvolvimento do rizoma até que chegue o inverno.

Se onde você mora o inverno tende a ser mais ameno e o verão mais prolongado, inclusive, mesmo abril pode ser um bom período para realizar a plantação desse tipo de flor. Nos outros casos, o período de fevereiro a março tende a ser mais indicado.

no apartamento na sala no quintal de casa no jardim de casa cor violeta

* DEIXE O RIZOMA EXPOSTO

Falando em rizoma, é indispensável que ao plantar a Iris você deixe o rizoma parcialmente exposto. Embora seja necessário que parte dele esteja na terra, também é fundamental que uma parte fique acima do solo para garantir o desenvolvimento da planta.

Ao afundar o rizoma e deixá-lo totalmente coberto e abafado, você corre um sério risco de impedir o crescimento e desenvolvimento da sua flor. Por isso, na hora de plantar tenha o cuidado de deixar uma parte do rizoma exposta.

* NÃO PLANTE AS FLORES MUITO PRÓXIMAS

Outro cuidado diz respeito à proximidade de duas Iris. Nesses casos, é indispensável que elas possuam, pelo menos, trinta centímetros de distância entre si para que elas possam se desenvolver adequadamente. Ao plantar duas Iris muito próximas o que acontece é que nem o rizoma e nem as raízes em si podem se desenvolver plenamente.

Como resultado, nenhuma das flores vai ficar tão bonita ou saudável se forem plantadas muito próximas. No caso de casos, o mais recomendado é que cada Iris tenha seu próprio vaso, melhorando os resultados.

* GARANTA BOA DRENAGEM PARA O SOLO

O rizoma é uma estrutura bastante delicada e que exige alguns cuidados especiais. Sem ele, a planta não se desenvolve e se ele ficar abafado ou úmido, ele poderá terminar mofando ou servindo de criadouro para pragas.

Para evitar que isso aconteça, portanto, é necessário garantir que o solo tenha uma boa drenagem, ou seja, que não fique encharcado e acumulando água. No caso de vasos, isso pode ser conseguido ao colocar uma camada de cascalho e também ao utilizar um vaso de cerâmica, que tende a absorver a água do solo e garantir que ele fique menos úmido.

não exagere cor branca cor amarela

* REGUE CONSTANTEMENTE, MAS NÃO EXAGERE

Especialmente no começo do desenvolvimento da Iris, a rega é muito importante e precisa ser feita com frequência e em abundância. Normalmente, uma rega mais caprichada a cada 5 ou 7 dias já ajuda a planta a se desenvolver como o esperado e a fornecer tudo do que ela precisa.

Conforme a planta se desenvolver, entretanto, essas regas serão menos frequentes e, inclusive, poderão deixar de existir durante o inverno caso ele seja mais úmido ou mais ameno. Por isso, preste atenção à planta e ao seu aspecto e não exagere na quantidade de água já que isso pode ter um efeito contrário do esperado.

* PODE AS FOLHAS SECAS OU MURCHAS

É comum, especialmente no inverno, que a Iris apresente algumas folhas secas, amarronzadas ou murchas. Nesses casos, não apenas o aspecto em si da planta é prejudicado, mas também pode ser que sua saúde seja afetada se essas folhas não forem retiradas.

Por isso, sempre que notar que uma folha não parece muito saudável procure cortá-la com cuidado. Quanto às folas verdes, entretanto, é muito importante que elas não sejam cortadas, já que elas vão garantir nutrientes importantes para o desenvolvimento da flor.

uso dos fertilizantes todos os cuidados como plantar

* USE OS FERLITIZANTES CERTOS

Assim como boa parte de outras flores, a Iris também se beneficia de uma fertilização para garantir uma suplementação nos nutrientes. Para que seja benéfica, entretanto, a fertilização precisa ser feita da maneira correta e, tão importante quanto, com os fertilizantes corretos.

Devido ao risco de o rizoma apodrecer, fertilizantes ricos em nitrogênio não são recomendados, sendo os de uso geral os mais recomendados. O fertilizante também não deve ser aplicado diretamente no rizoma e é preciso prover uma rega logo após a aplicação para evitar que ocorram queimaduras de fertilizante.

A Iris é uma das flores com mais variedades disponíveis na natureza e também uma das mais resistentes e adaptáveis. Bonita, delicada e fácil de ser cuidada, você só precisa conhecer a recomendações específicas para conseguir a flor perfeita sem complicações.

O que você acha desta flor? Deixe um comentário!

9 Comments

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar! :)