Flor-Cadáver: Fotos, Vídeo, Imagens, Jardim Botânico

Todos somos acostumados a encontrar flores em nosso dia a dia, mas se caso você encontre a Flor-Cadáver por ai, é digna de uma foto e admiração. Esta é uma das plantas mais queridas pelos botânicos, admiradas pelos entusiastas e também uma das mais belas e raras aparições no mundo. Vale a pena conhecer mais um pouco.

Flor-Cadáver
fores diferentes
as mais raras

A flor cadáver pode ser conhecida com outros nomes, como jarro-titã e titan arum, mas seu nome científico é a Amorphophallus titanum. Seu nome de cadáver tem um porquê: ela bate o recorde de ser a flor mais fedorenta do mundo! Os cientistas a comparam com um corpo humano em putrefação em aroma não agradável, mas o seu visual é indiscutível.

roxa e amarela
uma obra de Deus
muito bonita
as mais fantásticas
as mais espetaculares

Outra das características da planta é ser carnívora, mas não há dificuldade alguma de conseguir alimentos. O seu cheiro chega ao longe, por isso ela atrai insetos que se alimentam de carne em decomposição como besouros, os mesmos vistos em cemitério. A flor, portanto, não tem dificuldade nenhuma de alimentação porque os insetos vão até ela.

Conteúdo

Características da flor-cadáver

É uma planta do tipo tuberosa (conhecidas por seu aroma forte, na maior parte das vezes agradáveis a admirados) e não é nada pequena. É uma planta de flor única, podendo chegar a três metros de altura e pesar 75 quilos. Suas raízes são fortes, rígidas e levemente profunda. Apesar da altura, não precisa de muito espaço para se desenvolver.

fotos da flor
Fotos da Flor-Cadáver
Imagens da Flor-Cadáver
Dicas da Flor-Cadáver
características

O crescimento da flor-cadáver é espantoso também. Consegue crescer nada menos que 16 centímetros por dia até chegar a sua fase adulta, quando não desenvolve mais. Sua vida média é de 40 anos, podendo florescer poucas vezes neste período. Enquanto não floresce, ela não exala aroma muito forte, mas é bem presente, sendo apenas uma árvore comum com um ‘cheirinho forte‘. Quando floresce recebe diversos apelidos por seu formato de falo gigante.

Habitat natural da Flor-Cadáver

as mais raras
as mais lindas
as maiores
uma das mais grandes
uma das enormes

Apesar de ser cultivada como planta exótica em diversos países do mundo, seu local de origem são as florestas tropicais do oeste de Sumatra, uma ilha localizada na Indonésia. Mas quando cultivada nas condições ideais, consegue florescer em qualquer lugar. Sua descoberta é assinada pelo botânico italiano Odoardo Beccari no ano de 1878 e hoje está em todos os livros de catálogos de flores. Não há casos registrados de pessoas cultivando em casa a planta por seu mal cheiro.

Flor-Cadáver
as mais raras
uma raridade
no jardim botânico
fotos de flores
Flor-Cadáver

Um dos locais mais visitados que possui a flor é o jardim botânico da Basileia, na Suíça. Nele a planta já floresceu três vezes, atraindo turistas e amantes de todo o mundo para uma fotografia especial. Na Suíça esta é a única unidade da planta. No Brasil infelizmente não temos uma de conhecimento para visitação. Contudo, matérias já foram divulgadas de um casal em Minas Gerais cultivando uma em seu quintal, na região de Três Corações. Wilson Lázaro Pereira é amantes de planta e conhece bem o seu vegetal e informa: ‘o aroma não é dos melhores, em especial quando a planta leva sol, o que acontece em algumas horas do dia’.

O que você achou? Comente!

Este artigo te ajudou? Esperamos que sim! Compartilhe isso para o mundo: Obrigada! 😘
2 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest